Buscar
  • Opinião com Assinatura

Rémulo Marques 15/06/2020 - Pela verdade desportiva

Esta terça-feira, dia 16 de Junho de 2020, muitos sócios, adeptos e simpatizantes da Associação Desportiva de Fafe, Lusitânia de Lourosa, Sport Clube Praiense, Benfica de Castelo Branco, Sporting Clube Olhanense e Real Sport Clube irão fazer muitas centenas de quilómetros, em carros próprios e em muitas dezenas de autocarros para, pelas 17h, se juntarem nas imediações da Cidade do Futebol e manifestarem-se pela Verdade Desportiva. 



Em causa está, obviamente, ainda a decisão da FPF ter decretado a subida de Vizela e Arouca, líderes das Séries A e B do Campeonato de Portugal, respectivamente, aquando da interrupção das provas devido à Pandemia de Covid-19, deixando de fora dessas "contas" não só Praiense e Olhanense, líderes das Séries C e D, mas também Fafe, Lourosa, Benfica Castelo Branco e Real, então segundos classificados - lugar que, em condições normais, daria acesso à discussão do playoff de subida à Segunda Liga.


Ou seja, num modelo que é provavelmente dos mais ridículos na Europa de Futebol (e quiçá dos mais ridículos do mundo desportivo) que é este do Campeonato de Portugal (e, perdoem, a "invenção" da 3ª Liga com um ano de transição metendo ao barulho quase cem equipas nesta competição já totalmente ferida de verdade desportiva, está longe de ser uma solução), ainda se conseguiu arranjar esta tremenda confusão de, sem nunca tal ter estado regulamentado, subirem as duas equipas com mais pontos nas respetivas séries (e quando as séries são tão diferentes entre si). 


E quando, e está mais que provado, cada vez mais, existiam condições reais, de segurança, para se realizarem os playoffs a uma mão só e, assim, existir verdadeiramente bom-senso e a tal da verdade desportiva. 


Esta manifestação é uma manifestação, acima de tudo, contra as decisões avulsas. Contra decisões sem critério. As tais decisões de alfaiate que já aqui abordei várias vezes. É, por isso, uma manifestação do Casa Pia e do Cova da Piedade, equipas que se viram relegadas - e com o acréscimo de terem sido os seus "pares" a confirmar tal desiderato em AG, sem o campeonato terminar e sem terem hipótese de jogar, como sucede na Primeira Liga, e tudo devido, dizem os Doutos Senhores que mandam nisto tudo, porque só nessa competição existiam condições reais de segurança. Deixem-me rir. Ou melhor, deixem-me chorar, por favor, que é mau demais.


Esta é uma manifestação do Feirense. Do Estoril, e de todos os outros que, legitimamente, tinham ainda aspirações de chegar a um lugar de promoção.


É uma manifestação de todos os que querem outro futebol, e acredito que sejam muitos. 


Nota que nada me move contra Nacional, Farense, Vizela e Arouca. Muito pelo contrário. Nem me move a mim, nem pode mover a ninguém. Foram presenteados com esta decisão, têm de a aproveitar e fazer o seu caminho. Desejo a melhor das sortes a todos, em especial ao Vizela que é treinado por um treinador muito acima da média e que, estou certo, vai deixar uma história muito bonita no seu percurso. Contudo, não confundo as coisas. Existiam condições reais para realizar o playoff e a Segunda Liga.


Existiam condições, já o disse aqui e repito, para, fazendo fé no que têm sido as decisões da DGS para outros "eventos", para termos público nos estádios (com algumas  regras, claro está - as mesmas que aplicaram ao Bruno Nogueira, ao 1º de Maio, às Manif's anti-racismo, etc). 


Já que assim não se entendeu, já que não há coragem, capacidade, para assumir o erro, ao menos que exista o respeito do Sr. Fernando Gomes para com os dirigentes e recebê-los, de uma vez por todas. Não mandar subalternos para falar com Presidentes. Respeitar os dirigentes daquela que a FPF quando lhes dá jeito gosta de apelidar como a sua principal competição. 


Não foi antes, que seja amanhã. Que exista esse gesto. Estarão na Manifestação, estarão à porta da Cidade do Futebol, por isso Sr. Fernando Gomes abra a porta, e espaço na sua agenda tão preenchida e fale olhos nos olhos com os Presidentes da Associação Desportiva de Fafe, Lusitânia de Lourosa, Sport Clube Praiense, Benfica de Castelo Branco, Sporting Clube Olhanense e Real Sport Clube. Diga o que tem a dizer, sem receios, sem pudores, e sem subterfúgios. Ainda mais agora que até o Amigo Ceferin já "veio em auxílio" e já disse que "este é um assunto da esfera da FPF". 


Quem não deve, não teme.



Rémulo Marques

15/06/2020


0 visualização
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now