Buscar
  • Opinião com Assinatura

Paulo Afonso Ramos 26/05/2020 - ATÉ JÁ OU UM FIM DE CICLO



É sempre difícil escrever-vos pela última vez, em especial, quando estás junto aos teus e quando ainda há muito por escrever.


Por isso, hoje de manhã, decidi fazer uma miscelânea [sem confusão e sem obra, apenas os escritos] abordando, tanto quanto possível, de forma sucinta alguns assuntos em detrimento de outros. Não cabe tudo num só artigo.


REGRESSO DA LIGA


O interesse financeiro é a única razão pela qual a Liga regressa.


Será o maior erro cometido nos últimos anos adensando a polémica e a desconfiança sobre o inusitado futebol português.


Não existirá verdade desportiva porque as condicionantes são muitas, a começar pelo factor casa de que muitos serão privados, as viagens com os árbitros [Madeira] ou ao calendário que favorece, mais uma vez, alguém. E perde-se a essência que são os adeptos, o calor humano que dá todo o sentido ao futebol.


Não posso aceitar o risco é o que dele advirá por causa das equipas que terão elementos infectados, sejam jogadores ou elementos da estrutura. Como proceder? Talvez a resposta seja dependente do adversário seguinte...


Lembro-me agora daquela célebre frase que posso adaptar: “O futebol são 11 contra 11 (nem sempre) e no fim ganha a Alemanha”!


O NOVO SPORTING CP


Há um acordo ou um pacto de não agressão entre Luís [LFV] e Frederico [FV] aplicado nas modalidades [por enquanto] para limparem os planteis, desinvestindo de forma clara.


Por outro lado, no futebol, nas mãos de Jorge Mendes [JM] há uma autêntica caça ao tesouro para encher os bolsos e quem perde é o Sporting. Perde os jogadores e o dinheiro. Além de ser insano um presidente ajudar nessa dizimação com, por exemplo, valorização de jogadores cujo o passe ainda não é totalmente do Clube, inflacionados assim, contra o próprio Sporting CP.

O empresário JM, mais uma vez, agradece os bons serviços de FV para que ganhar mais uns milhões!


Já não bastava os negócios extraterrestres com o SC Braga, logo o Braga, com Palhinha e a culminar no mágico negócio de Rúben Amorim.


Até já ou um fim de ciclo?

Não só para a escrita como para este novo Sporting cada vez mais “comido” pelos interesses financeiros de quem não ama o Clube!


Escrever-vos é sempre um privilégio e honra. Mesmo que, por vezes, crie alguma polémica ou insatisfação, a minha certeza é que sempre fui sério e genuíno, por vezes estratégico e por isso incompreendido, criticado e posto em causa. De uma coisa tenho a certeza absoluta: defendi sempre o que considerei o melhor para o Sporting CP! E disso nunca abdicarei!


Uma última palavra de agradecimento.

Sou grato pela oportunidade recebida de escrever-vos e muitíssimo grato por terem lido as minhas opiniões, anseios e desejos de um SPORTING CP com alma, chama e glória!


Um dia hei-de voltar para cantar em conjunto convosco e sentir a pele arrepiar de emoção!


Muito grato por tudo e saudações leoninas.



Paulo Afonso Ramos

26/05/2020


0 visualização
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now