Buscar
  • Opinião com Assinatura

Paulo Afonso Ramos 25/08/2020 - DIVIRTAM-SE COMO FANTOCHES



Há muito tempo que desejo escrever sobre como se define a agenda mediática desportiva aqui por terras lusas.


Hoje ainda não é o dia. Até porque há uns dias que sou “injectado” com a final, exactamente hoje, que o Benfica joga na UEFA Youth League e que até procura vencer a competição pela primeira vez. Hoje não!


Hoje não vou ter tempo para imaginar reuniões nocturnas (fica melhor do que diurnas) onde os directores de comunicação (de um imaginário Gabinete de Crise) decidem dar ênfase ao que vai ser proclamado, quer nas capas dos jornais, nas televisões e nas rádios, formatando e condicionando o pensamento livre de milhões apaixonados do futebol e do desporto em geral.


E a avaliar pelas notícias escolhidas já temos um campeão em título para a nova época - que se confunde com a salvação as eleições do clube - numa tentação de criar a futura realidade e idolatrar um par de jarras, além de minimizarem o SCP com listas de dispensas, anúncios de saldos à boca cheia em jeito de “liquidação total” como se tratasse de uma loja em fim de vida.


A permeio a vitória de Miguel Oliveira veio dar uma lufada de ar fresco, esperança, voltando a colocar o país no mundo pelas melhores razões.


Para trás ficou a novela de verão com Cavani a fazer sonhar os portugueses mais ávidos de esquecer o fim de época.


E no meu Clube a divisão continua. Mais uma nova época à espera de um milagre com dinheiro esbanjado sem critério ou retorno e com a quantidade dos jogadores que já existiam a diminuírem drasticamente como que uma penalização agri-doce porque, ainda assim, os que partiram trouxeram algum valor aos cofres. Quando estes acabarem, tal como o tal dinheiro do contrato da operadora, é que vão ser tempos ainda mais difíceis!


Entretanto é com pena que vejo Acuña e Palhinha saírem...


Em suma, há quem defina a agenda mediática para todos falarem sobre os interesses específicos, há alguma recolha nas redes sociais para fazerem notícias para solidificar caminhos e tudo num sereno comando vindo sempre do mesmo lugar.

E é tanta gente sobre a mesma alçada que até assusta e dói!


Comecem as mensagens de “Unir o SCP” que o rei vai nu, os cartilheiros estão certeiros a atirar sobre tudo o que for oposição e nada vai mudando.

Não há manifestação que mexa com quem dá incumprimento aos estatutos nem com quem faça uma gestão ruinosa porque, e há sempre um porquê, hoje há a final da UEFA Youth League, há interesses quem tudo fique igual ou pior e amanhã é outro dia que, mais pela noite, alguém há-de decidir o que todos vão falar...


Divirtam-se como fantoches!


Paulo Afonso Ramos

25/08/2020


320 visualizações10 comentários
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now