Buscar
  • Opinião com Assinatura

Paulo Afonso Ramos 21/04/2020 - A estranha relação no poder


Este texto não é político, mas pode ser lido como tal, e não é leonino, embora possa ser lido assim. É sobre uma estranha relação no poder de duas pessoas que arriscam. Mas, acima de tudo, este texto é uma perspectiva social que assola a minha mente. Há poucos dias soube que vamos ter uma comemoração do 25 de Abril em plena Assembleia da República [AR]. Não vou ter tempo nem espaço de abordar as comemorações do 1.º de Maio porque quero ligar o pensamento ao Sporting. Para começar, o representante máximo da AR é do Sporting e dele não guardo boas recordações em dois casos específicos que abalaram Portugal. Que fique claro! Depois, fazendo o elo de ligação, o SCP é presidido por um médico e torna-se no primeiro Clube profissional da 1.ª Liga a regressar aos treinos no futebol profissional. [Em Portugal, o Nacional da Madeira, da 2.ª Liga, foi quem assumiu o primeiro regresso]. Não pondo em causa as comemorações de Abril nem o Sporting CP tenho que dizer que sou contra ambas situações em plena pandemia. É uma irresponsabilidade! Soa a pressão indirecta. Vejamos os factos: ainda não há vacina para o vírus Portugal registava ontem [20/4/2020] 735 mortes por Covid-19 e 20.863 casos confirmados. Nem há segurança garantida de não contágio. Mesmo com todas as regras anunciadas: https://sicnoticias.pt/especiais/coronavirus/2020-04-20-Sporting-regressa-aos-treinos-individuais-na-Academia Não é de todo sensato dar exemplos de risco nem sobrepor o interesse económico por um interesse de saúde pública. É que o falido recupera, já o falecido não! Preocupa-me quem decide. Têm tido decisões arriscadas e pouco prováveis de sucesso. E no SCP, essa realidade, é, tem sido e parece ser para durar, uma normalização que provoca arrepios e suores frios [já li ou ouvi isto em qualquer lado...] embora, agora, sejam preocupações diferentes e maiores quando a saúde do outro pode criar uma bola de neve que apanhe tudo e todos! [Ainda hoje há notícias que visam dispensar algumas aquisições contratadas por esta Direcção, quero ver quando acabar o que foi deixado como resolvem...]

Fico a pensar que não há coincidências e que são decisões que discordo, depois, mas só depois ocorre-me a ligação da estranha relação de poder [AR vs SCP] e sobe por mim uma inquietação desmedida. Só espero que estas decisões não provoquem baixas, com um aumento da infectados e um risco por um subvalorizado perigo silencioso. Há coisas que preocupam e até parece que nascemos para sofrer... Cuidem-se! Saudações Leoninas

Paulo Afonso Ramos 21/04/2020


756 visualizações8 comentários
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now