Buscar

Paulo Afonso Ramos 16/06/2020 - ESTRATÉGIA INVERTIDA, MILHÕES DE SAÍDA 

Atualizado: Jun 17



O SCP vive um momento singular! Comecemos pela estratégia de implementação dos jovens até à renovação do plantel: - Não podemos promover jovens jogadores cujo o passe ainda não é 100% do SCP, nem um presidente deve fazer afirmações bombásticas de futurologia como aconteceu: “Matheus Nunes vai pagar o Rúben Amorim", garante presidente do Sporting. - Também não deve ser dada a titularidade ou alguns minutos na equipa principal aos jovens cuja a questão contratual ainda não esteja definida e segura para o SCP. - Estaremos a promover as pérolas para quem? - Vamos ver, de novo, o filme €15M que aconteceu no rival, mas desta vez por valores muito inferiores, sobre o pretexto da crise financeira e do COVID-19 para alguém encher os bolsos à custa do SCP? - Ou seja, vamos trocar os jovens por velhotes e assim perder muitos milhões? E vê-los (os milhões) também de saída? O que parece ser sem rumo ou uma desorientada estratégia de quem não sabe gerir um Clube - uma estratégia invertida - pode significar um plano financeiro em proveito consciente para alguém? Rúben Amorim - o senhor milhões - fará parte de um plano de acção preparado para capitalizar, desde a sua contratação, em proveito de terceiros usando o SCP? São várias questões adormecidas por uma imprensa benevolente, por uma direção conivente e por um desinteresse abismal dos Sócios que contrariam os tempos, não muito longínquos, de exigência máxima e transparência. O rigor morreu... São muitos tiros nos pés, muitas indemnizações compensatórias com treinadores, entre outras coisas mais silenciadas como os aumentos salariais efectivos na SAD [FV mais uma vez à cabeça] que são um permanente gasto desnecessário de milhões de euros de saída do SCP numa estratégia invertida com a qual ninguém parece estar preocupado. Esvaziam-se os cofres. Oferecem-se pérolas a porcos. Oferecem-se jogadores como Bas Dost ou Nani. E tudo está bem, pacífico e recomenda-se! O SCP vive um momento singular para contar mais tarde, entre arrependimentos e lágrimas. Mas uns vão sorrir de bolsos cheios...

Saudações Leoninas

Paulo Afonso Ramos

16/06/2020

518 visualizações5 comentários
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now