Buscar
  • Opinião com Assinatura

Marco Freitas 30/10/2020 - O beneficiado com Alcochete

Atualizado: Nov 2



Na passada quarta-feira, o Sporting recebeu e venceu o Gil Vicente por 3-1, jogo em atraso da 1.ª jornada da Liga.

Foram os galos de Barcelos a chegar à vantagem aos 52’ por Lucas Mineiro mas, no espaço de um minuto entre os 82 e os 83, Sporar e Tiago Tomás concretizaram a reviravolta do Sporting.

Aos 96 minutos, Pedro Gonçalves fechou o resultado para o Sporting, que desta forma passou a somar 13 pontos, a dois do líder com 15, e com três de avanço para o FC Porto.



Ora, não fosse (uma vez mais) a vergonhosa arbitragem que voltou a penalizar o Sporting no dérbi contra o FC Porto, e à data de hoje, seriamos líderes do campeonato. Ao invés estamos a dois pontos do outro rival da segunda circular.  

Ainda sobre o clássico disputado em Alvalade, as declarações proferidas por Frederico Varandas no final desse jogo, continuam a fazer “mossa”, isto porque, em resposta às declarações do actual presidente do Sporting, PdC afirmou que, Varandas foi o principal beneficiado (há duvidas?) do caso Alcochete!

Frederico Varandas não quis dar o “braço a torcer” e vai daí na viagem para os Açores, - onde o Sporting CP defrontou e ganhou o Santa Clara – o presidente leonino respondeu ao seu homólogo portista, resposta essa que não podia ser mais corrosiva, tendo afirmado que “um bandido será sempre um bandido”, (imaginem só se fosse BdC a proferir estas declarações) numa clara alusão ao envolvimento de Pinto da Costa no processo Apito Dourado.

Não tinha a mais pequena dúvida que, PdC não iria deixar passar impune estas afirmações de Frederico Varandas, tendo o mesmo já confirmado por altura da apresentação do Relatório e Contas do FCP, que iria/vai apresentar uma queixa-crime contra o dirigente do Sporting.

O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol também informou que, instaurou dois processos disciplinares ao presidente do Sporting, um deles, relacionado com as críticas do líder leonino à arbitragem do último clássico com o FC Porto, e um outro na sequência das declarações que visaram Pinto da Costa.

Face a este meu enquadramento questiono, então onde estão os valores do, saber estar, do ser cordial, de termos elevação, tão apregoados por uma determinada franja de Sportinguistas?

Não era esta umas das razões que levava a que alguns sportinguistas criticassem tanto o ex-Presidente?


E os paineleiros que fartavam-se de apontar o dedo ao ex-Presidente do Sporting CP quando o mesmo criticava algumas posições de outros dirigentes, não dizem nada agora?

Para concluir este tema, não menos importante será depois percebermos quem irá pagar as eventuais multas que possam vir a ser aplicadas ao presidente sportinguista. Eu já imagino para onde será enviada a conta, mas isso na devida altura falaremos.

Voltando ao futebol jogado dentro das quatro linhas, como escrevi no início desta crónica, na passada quarta-feira, em jogo para acerto de calendário, o Sporting recebeu e venceu o Gil Vicente, num jogo onde ficou uma vez mais provado que, a Academia de Alcochete continua a ser das melhores da Europa!!

E não vale a pena esta direcção andar com narrativas do género, “A recuperação da formação está concluída”, porque todos os jogadores (que classe tem o Daniel Bragança!!) que estão novamente a despontar são fruto do trabalho da anterior direcção.

Não fosse os “meninos” da formação sportinguista - Tiago Tomás, e Daniel Bragança – e provavelmente a esta hora, Rúben Amorim ainda estava a puxar da garrafa de água, e no final da partida em vez de afirmar que e cito: “não jogámos como um grande, mas ganhámos como um grande”, provavelmente afirmaria que, “jogámos como nunca, mas perdemos, e é assim o futebol”



Venha daí esse Tondela! Se ganharmos iremos ficar pelo menos 24 horas (o actual líder do campeonato só joga um dia depois do Sporting) na liderança do campeonato, prémio mais que merecido para os miúdos que vêm da nossa formação e que fazem parte do actual plantel leonino.

Para terminar, gostaria de mandar um forte abraço ao actual presidente do Sporting CP pelo verdadeiro negócio das Arábias que conseguiu ao vender o Luciano Vietto!

De facto vender Vietto ao Al-Hilal por €7.000.000 (sete milhões de euros), sendo que, deste valor metade (€3,500.000 milhões) vai direitinho para o Atlético de Madrid, é realmente um negócio só ao alcance dos predestinados!



Contas feitas, a Sporting SAD pagou por metade dos direitos desportivos do jogador Luciano Vietto, €7.500.000 (sete milhões e quinhentos mil euros), ficando na altura acordado que, o Atlético de Madrid beneficiaria de 50% dos direitos futuros.

Vendeu-o agora por €7.000.000 (sete milhões de euros) dos quais, €3.500.000 (três milhões e quinhentos mil euros) vão para o Atlético de Madrid!

Ainda não sabemos quanto custou a intermediação do negócio, que provavelmente foi feito num escritório ali para os lados da Av. Álvares Cabral em Lisboa.

De qualquer das formas há uma coisa que tenho a certeza, houve alguém a ganhar dinheiro com este negócio, mas esse alguém não foi com toda a certeza o Sporting CP!!

Parabéns “presidente”, você é de facto um negociador impecável, perdão implacável!

Para fechar, o Sporting, não renovou contrato com Nélson Évora, dizem eles, no seguimento das medidas de redução de custos que estão a atingir as modalidades.

Fica o meu agradecimento público a Nelson Évora por todas as alegrias que nos deu enquanto envergou a listada verde e branca!

P:S. Os rendimentos de todos os membros da Direcção já foram apresentados? Não se esqueçam que o Srº Drº prometeu que, se fosse eleito, todos os membros da sua Direcção iriam apresentar anualmente declarações de rendimento e de património!

Um forte abraço a todos!

O Sporting Somos Nós!

Marco Freitas

30/10/2020




188 visualizações3 comentários
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now