Buscar
  • Opinião com Assinatura

Marco Freitas 24/09/2020 - O Truque por detrás da AG do dia 26 de Setembro



Realizar-se-á no próximo dia 26 (sábado) uma AG que na minha opinião será uma das mais importantes – senão mesmo a MAIS importante - da história do Sporting Clube de Portugal!

Todos sabem que esta AG, será destinada a discutir e votar o orçamento para a temporada 2020/21, onde está previsto, rendimentos, gastos e investimentos para a próxima época, desde o dia 22 de Junho.

A questão que aqui se coloca é o que está por detrás deste mesmo orçamento que, a ser aprovado será provavelmente a morte anunciada do Sporting Clube de Portugal passando o mesmo para a SAD. Será o epílogo de algo que este CD – com o beneplácito da MAG e respectivo PMAG – já engendra desde a sua tomada de posse em Setembro de 2018.

Acho até inacreditável que este CD continue a não ser escrutinado pelo Conselho Fiscal, tantos têm sido os atropelos que já cometeram aos estatutos do clube. Este relatório e contas é mais um exemplo disto que aqui escrevo.

Sabiam por exemplo que, o CD não pode contratualizar empréstimos nem assumir compromissos financeiros superiores a pouco mais de 2 milhões por ano e neste momento a divida da SAD aumentou num só ano mais de 12 milhões!?

Estamos a falar num aumento exponencial com a agravante que, o mesmo deveria – tal e qual consta nos estatutos - ser aprovado pelos sócios, e uma vez mais não foram (fomos) tidos, nem achados para o efeito!



Não é isto matéria mais que suficiente para o CF no que é o seu papel, alertar imediatamente quem de direito para esta situação, pois a mesma é tão somente grave violação dos estatutos do clube!?


Dito isto, se os sócios no próximo dia 26 aprovarem “este” R&C, na pratica estão a validar um incumprimento onde – reforço – não foram tidos nem achados e por conseguinte a reconhecer a existência desta mesma divida do clube Sporting Clube de Portugal para com a sua SAD.



Qual será o resultado? É muito simples, o clube fica refém da SAD com uma divida de 17 milhões, dívida esta que dificilmente (na minha opinião nunca) o clube pagará fruto da sua indisponibilidade financeira para o fazer.

Pior, a partir desse momento, passará a ser a SAD a mandar no clube e não vice-versa como (ainda) acontece á data de hoje!

Provavelmente o passo seguinte (se o orçamento for aprovado) será assistirmos ao seguinte “diálogo”;

SAD – Aquele dinheiro que me deves?

Clube – Sim…

SAD - Paga-me isso!

Clube - Não tenho forma de o fazer!

SAD - Não te preocupes, vou ficar com os teus anéis (perdoem-me a analogia) a começar pelo PJR.

Consequência disto? O pavilhão passa para a SAD, que por sua vez (usando sempre o chavão da falta de liquidez) vende o PJR a terceiros, e estes por sua vez podem fazer o que bem quiserem e entenderem do PJR, inclusive até optar pela sua demolição, isto claro, num cenário mais dramático!

Escusado será dizer o que acontece ás modalidades, não acham?! 

Perante o que acima escrevi, faço votos para que os sportinguistas finalmente percebam o nexo causalidade entre esta AG – e seu truque – com tudo o que se passou no período compreendido entre Maio e Setembro de 2018.

Nunca é demais relembrar que a Golpada – e tudo o que foi orquestrado – tinha como objectivo este assassinato do Sporting enquanto clube!

Quem não se lembra das providências cautelares submetidas pelo anterior CD, e  que foram todas liminarmente rejeitadas, algumas até no próprio dia!

E quem não se lembra das providências cautelares das “pessoas de bem”, das pessoas que “sabiam estar” que eram submetidas por esse ícone da democracia que á data dos factos era o PMAG, e eram aceites, ás tantas ainda antes de serem submetidas/solicitadas!

Já para não falar no sentimento de impunidade que neste momento grassa no actual CD – apesar das constantes violações de estatutos – sabendo eles de antemão que a "lei" nada lhos fará!

E será que este sentimento de impunidade que actualmente grassa no actual CD está co-relacionado com o facto de, terem a figura que têm como Presidente da Mesa da Assembleia-Geral, figura essa que, curiosamente, viemos agora a saber, também tem o seu nome envolvido na “Operação Lex”, tudo porque num dos interrogatórios efectuados ao advogado do SLB,  foi dito pelo próprio que, quem indicou o nome da juíza titular deste mesmo processo, foi precisamente o actual Presidente da Mesa da Assembleia-Geral do Sporting.

Para terminar, espero que de uma vez por todas, os Sportinguistas tenham a plena consciência que, não está aqui em causa os Godinhos, os Varandas, ou os Brunos, está sim em causa o Sporting Clube de Portugal e a sua sobrevivência, tal e qual como o conhecemos e aprendemos a gostar e a amar!

Está em causa, nós sócios mantermos voz activa sobre todas as decisões do clube, ou sermos calados para sempre!

È isto que está em causa!

Perante o cenário acima termino com uma frase proferida por Kim Lim, filha de Peter Lim dono do Valencia CF, frase esta colocada no passado mês de Julho numa sua rede social, em resposta ao adeptos do clube “ché” após uma grave crise de resultados (e não só) que o clube atravessou.

Kim Lim disse e cito: "Alguns adeptos do Valencia estão a criticar e a falar mal de mim e da minha família. Eles não entendem? O clube é nosso e podemos fazer o que quisermos e ninguém pode dizer nada”.

Espero e faço votos para que os Sportinguistas, aqueles que verdadeiramente amam este enorme e centenário clube, não deixem que o SCP passe pelo mesmo.



P:S. Os rendimentos de todos os membros da Direcção já foram apresentados? Não se esqueçam que o Srº Drº prometeu que, se fosse eleito, todos os membros da sua Direcção iriam apresentar anualmente declarações de rendimento e de património!

Um forte abraço a todos!

O Sporting (ainda) Somos Nós!


Marco Freitas

24/09/2020

283 visualizações6 comentários
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now